Portal Oficial do Governo da República de Angola
Ciência e Tecnologia

Fibra óptica permite atrair investimentos para o país

O ministro das Telecomunicações, José da Rocha, afirmou nesta quarta-feira, 9, em Luanda, que a instalação de cabos de fibra óptica vai atrair mais investimentos para o país.

A instalação de cabos de fibra óptica submarinos da África para América e o resto do mundo vai permitir a atrair investimentos para o país, tendo em conta a velocidade e melhoria da qualidade dos serviços que esta infra-estrutura pode proporcionar ao sector das telecomunicações, afirmou nesta quarta-feira, 9, em Luanda, o ministro do sector, José Carvalho da Rocha.

O titular da pasta das Telecomunicações e Tecnologias de Informação que falava à imprensa, após o acto de lançamento do primeiro cabo submarino de fibra óptica denominado South Atlantic Cable System (SACS), que em 2018 vai ligar Luanda (Angola)/Estado de Ceará (Brasil), considerou o surgimento desta plataforma um elemento fundamental para alavancar o crescimento e desenvolvimento socioeconómico do país.

O governante disse igualmente que a concretização do SACS vai aumentar a velocidade e melhorar os serviços das telecomunicações no país, reduzindo gradualmente os custos de acesso a internet e a efectuação de chamadas de voz.

A concretização deste projecto, enquadrado na estratégia de acesso aos cabos submarinos, aprovada em Abril de 2009 pelo Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, está avaliada em mais de 200 milhões de dólares norte-americanos.

Angop